Lecture (23 September 2019, Brazil): Após o orgânico | Yuk Hui

Lecture (23 September 2019, Brazil): Após o orgânico | Yuk Hui

Na próxima segunda-feira (23), às 18h30, no Salão Pedro Calmon (FCC/UFRJ – Campus Praia Vermelha), receberemos Yuk Hui (Bauhaus-Universität Weimar – Alemanha), em sua primeira visita à América do Sul, para a conferência “Após o orgânico”. Um dos principais filósofos e teóricos da atualidade, Hui abordará as condições da política pós virada cibernética, contra a ideia do que ele chama de um “naturalismo político”, tema do seu próximo livro. A mediação da conferência será da Prof. Victa de Carvalho (PPGCOM/UFRJ) e do diretor do ITS Rio, Ronaldo Lemos.

 

O evento é gratuito, para fazer a inscrição é só preencher o formulário: https://forms.rdstation.com.br/apos-o-organico-yuk-hui-ed8077ad597b56acefbe

//

Conhecido por The Question Concerning Technology in China – An Essay in Cosmotechnics (2016) e outros trabalhos como On the Existence of Digital Objects (2016) e Recursivity and Contingency (2019), Yuk Hui tem dedicado sua pesquisa e reflexão a problemas ontológicos, estéticos, culturais e políticos que envolvem a tecnologia e suas relações no mundo contemporâneo. No Brasil, a n-1 edições publicou o texto “Da consciência infeliz dos neorreacionários”, na Caixa Pandemia de cordéis.

A organização do evento é fruto da parceria entre o MediaLab UFRJ, a Rede Latino-Americana de Estudos em Vigilância, Tecnologia e Sociedade (lavits), o Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura da UFRJ (ECO-Pós), o Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS Rio), o Programa de Pós-Graduação em Computação Comunicação e Artes (PPGCCA – UFPB), o Grupo de Estudos em Estética, Técnica e Sociedade (GETS | DCS-UFPB) e o Núcleo de Pesquisa e Extensão em Aplicações de Vídeo Digital (NPE/LAVID – UFPB). E conta, ainda, com o apoio institucional da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ, da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (FAPESQ) e do Governo do Estado da Paraíba.

// arte: Marlus Araújo